Manoel Soares: "Você está mais para índio ou para colonizador?" - Notícias

Versão mobile

 
 

PAPO RETO 18/09/2021 | 05h00Atualizada em 18/09/2021 | 05h00

Manoel Soares: "Você está mais para índio ou para colonizador?"

Colunista escreve para o Diário Gaúcho aos sábados

Manoel Soares: "Você está mais para índio ou para colonizador?" João Cotta / TV Globo/TV Globo
Manoel Soares: "As canoas da vida afundam, e só quem sabe nadar fica vivo" Foto: João Cotta / TV Globo / TV Globo

Em uma viagem de barco pelo Delta do Jacuí, por volta de 1750, um dos colonizadores invadiu uma aldeia indígena e, com uma espingarda carregada, obrigou um índio a levá-lo canal abaixo. 

Enquanto descia o rio, o homem, com a arma apontada, começou a dizer que a ignorância do povo indígena seria substituída pelo conhecimento do homem branco e suas descobertas. O índio remava calmamente e ouvia o tagarela armado dizer que o ouro que os índios não valorizavam seria melhor usado pelo império português. 

Leia mais colunas de Manoel Soares
No nosso tempo, era bem diferente
A vida está voltando a entrar em uma fase delicada
Eu peguei covid

Ele disse que os índios não sabiam ler, não sabiam escrever, não sabiam se comunicar com o mundo, e por isso seriam subjugados. O silêncio do índio começou a irritar tanto, que o sequestrador bateu com o pé tão forte na canoa que levantou uma tábua, fazendo um furo. Enquanto a água invadia a pequena embarcação, o índio perguntou se o homem sabia nadar. Apavorado, o colonizador disse que não. O índio, antes de pular na água, disse que não sabia sobre aquelas coisas que o homem branco falou. Mas, naquela hora, o índio sabia o que era preciso para sair vivo: sabia nadar.  

Muitos que nasceram entre 1990 e 2005 agem como se soubessem mais que os outros, como se os mais velhos que não dominam os aplicativos de celulares e programas de computador fossem pobres ignorantes. Mas a questão é: será que quando o bicho pega mesmo, é isso que garante a sobrevivência? E você que está lendo, está mais para índio ou para colonizador? Porque as canoas da vida afundam, e só quem sabe nadar fica vivo.

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros