Projeto incentiva a adoção de cães acolhidos pelo Canil Municipal de Esteio - Notícias

Versão mobile

 
 

Bicharada06/09/2021 | 10h54Atualizada em 06/09/2021 | 10h55

Projeto incentiva a adoção de cães acolhidos pelo Canil Municipal de Esteio

Iniciativa busca parceria com empresas que queiram adotar os animais

Projeto incentiva a adoção de cães acolhidos pelo Canil Municipal de Esteio Adriano Rosa da Rocha / Divulgação/Divulgação
Cinco cães fizeram parte do lançamento da ação Foto: Adriano Rosa da Rocha / Divulgação / Divulgação

Em março deste ano, o DG contou a história de Scar, um cachorro que chegou muito ferido no Canil Municipal de Esteio. Desde que passou por uma delicada cirurgia de reconstrução facial, devido a uma feria profunda que tinha na bochecha, o animal está disponível para adoção. Enquanto aguarda a chegada da nova família, ele se tornou um dos primeiros integrantes do projeto Cãolaborador, uma iniciativa da prefeitura da cidade que pretende incentivar empresas a dotarem os bichos acolhidos pelo canil. 

Mantido pelo Departamento de Bem-Estar Animal (BAE), atualmente o canil de Esteio abriga 80 cachorros e 12 gatos. São animais que, trazidos das ruas para receberem atendimento veterinário, não tiveram para onde ir. Acabaram sendo acolhidos pelo espaço. E é nesses cães que está o foco da nova ação, promovida pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente (SMDEMA). 

LEIA MAIS
Protetoras buscam ajuda para garantir alimentação de animais acolhidos
Após 11 meses, tutora reencontra cachorrinha em Porto Alegre
Protetora busca ajuda para construir canis para cães resgatados

Felipe Costella, secretário da SMDEMA, explica que a ideia é incentivas a adoção dos pets, mas de uma forma diferente. A iniciativa busca empresas que queiram torná-los seus mascote, dando a esses cães a chance de construírem uma nova história. Assim, objetivo é que esses animais convivam com os trabalhadores desses negócios, promovendo um ambiente mais descontraído e amigável. 

_ A nossa proposta é que o cachorro vá para o administrativo da empresa, que ele conviva com os funcionários e possa, inclusive, trazer alegria, bem-estar e ensinamentos (para esses locais). Foi assim que nasceu o projeto. Fizemos um levantamento dos animais que temos no canil e conversamos com algumas empresas. Elas entenderam a proposta e abraçaram. 


Investimentos 

No dia 25 de abril ocorreu o lançamento oficial da ação, com uma cerimônia realizada no Salão Nobre da Prefeitura de Esteio. No encontro, cinco cães foram acolhidos pelo projeto. Quatro deles passam a ser os novos integrantes das primeiras empresas parceiras da iniciativa, e Scar assume a primeira vaga de Cãolaborador da prefeitura da cidade, que hoje se tornou um departamento da gestão municipal. Ao final do evento, foram entregues certificados e crachás para os animais. 

O secretário explica que foi natural a escolha de Scar como um dos participantes do lançamento do projeto. Quando ele chegou no canil, a situação era tão delicada, comenta Felipe, que temeram ter de fazer a eutanásia no bicho. Mas após a operação, não apenas se recuperou como construiu uma conexão muito forte com os funcionários que cuidavam dele. 

O projeto é um exemplo dos investimentos que o município tem feitos em relação aos animais da cidade. Neste ao, o Departamento de Bem-Estar Anima já dobrou a quantidade de serviços prestados. Até o dia 30 de agosto forma 559 castrações, 813 atendimentos veterinários, 506 ações em situações de maus tratos e 42 animais doados. 

Outra novidade foi a inauguração de um gatil, espaço para abrigar os gatos acolhidos pelo município. Luciane Baretta, coordenadora da BEA, explica que antes, não havendo um local apropriado para os bichanos, eles eram levados para as casas de funcionários da unidade. 

Fazendo um apelo para que as pessoas se sensibilizem quanto a importância da adoção, ela comenta: 

_ As pessoas têm, a cada dia, adquirindo mais animais, que estão fazendo parte das famílias. Nisso, a gente não pode esquecer que tem os canis, que estão com muitos animais aguardando uma atenção, e de graça. As pessoas estão gastando na compra de pets, sem dar a oportunidade de conhecer esses animais maravilhosos que a gente vai encontrar em um canil. 

Como participar 

/// Empresas que tiverem interesse em participar do projeto Cãolaborador devem entrar em contato com o Departamento de Bem-Estar Animal da SMDEMA, através do telefone (51) 3459-4494 ou WhatsApp (51) 98600-8377, para falar com Luciane. 

/// Também é possível conhecer os gatos e cachorros que aguardam adoção acessando o site esteio.rs.gov.br/catioro.

Produção: Émerson Santos

  Leia mais notícias na seção Bicharada


 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros