Em Alvorada, canalização de esgoto forma buracos em terreno de residência - Notícias

Versão mobile

 
 

Seu Problema é Nosso08/11/2021 | 14h28Atualizada em 24/11/2021 | 09h48

Em Alvorada, canalização de esgoto forma buracos em terreno de residência

Marcelo Cardoso afirma que, com a pressão da água, a tabulação pública se quebrou

Em Alvorada, canalização de esgoto forma buracos em terreno de residência Arquivo Pessoal / ResourceSpace/ResourceSpace
Foto: Arquivo Pessoal / ResourceSpace / ResourceSpace

Em Alvorada, a tubulação de um esgoto do município tem causado prejuízos e preocupações para moradores do bairro Aparecida. Ela começa na Rua Aparício Borges e segue até a Avenida Dezessete de Setembro. No trajeto, atravessa dois terrenos particulares. Conforme os proprietários, os canos não têm suportado a pressão da água que por ali passa. 

A situação mais grave se encontra na casa do motorista Marcelo Cardoso, 45 anos, na  Rua Aparício Borges. Ele conta que o problema começa com o bueiro que há em frente à sua garagem, que sempre transborda em dias de chuva. Não havendo um escoamento adequado na rua, a água segue para dentro do terreno e invade a casa pela lavanderia, alagando o local. 

encanamento de esgoto público criou cratera no pátio de morado<!-- NICAID(14932639) -->
Demora para resolução do problema gera temor em moradorFoto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

O problema não é recente. Marcelo explica que há 16 anos eles moram na residência e sempre conviveram com problemas relacionados a esta situação. Já foram feitos diversos pedidos de melhorias para a prefeitura, como o deslocamento do bueiro da frente da garagem e a renovação da tubulação do esgoto, que é antiga. 

LEIAM MAIS
Moradora de Gravataí realiza vaquinha para tratamento de paquimeningite  Família e amigos de gari atropelado criam corrente do bem para arrecadar fraldas e alimentos Atleta busca apoio para participar de campeonato nos Emirados Árabes   

– No último temporal, acho que há umas três semanas, enquanto eu estava na igreja, o meu porão inundou porque não tinha escoamento em lugar nenhum. O bueiro não tem mais sustentação – pontua. 

Temores 

Há dois anos, a pressão da água quebrou uma parte da tubulação que passa por dentro do pátio de Marcelo. Com isso, criou-se uma erosão no terreno. Os buracos crescem a cada chuva forte. O morador teme que, caso o problema não seja resolvido, ocorra algum acidente. Comenta ainda que já faz alguns anos que não busca sua afilhada para visitá-lo, pois preocupa-se que ela, criança, se machuque nos buracos. 

Morador mais recente do bairro, o comerciante Vagner de Souza, 38 anos, é vizinho de Marcelo. É no seu pátio que a tubulação segue até chegar na Avenida Dezessete de Setembro. Ele conta que, quando mudou-se para lá, precisou reconstruir o muro que divide seu terreno e o do motorista. É que o antigo, explica, havia desabado. 

– O esgoto atravessa dois terrenos para chegar na quadra de baixo. Eu acho que é uma obra muito antiga. Sei que, por baixo, já corroeu toda a terra daqui. Os canos foram quebrando e, como a chuva vem com força, acumula muita água – pontua Vagner, dono de uma floricultura que funciona no local. 

Prefeitura faz vistoria

Em nota, o secretário de Obras e Viação do município de Alvorada, Rogério Negreiros, afirma não ter encontrado solicitações relacionadas ao problema. 

O titular da pasta comenta que é comum ocorrer o escoamento da água “em casos onde os terrenos estão abaixo do nível da rua”. 

Sobre a tubulação, ele diz não ser possível retirar a rede pluvial devido à topografia do local. Após o contato da reportagem, na sexta-feira passada, foi realizada uma vistoria no endereço de Marcelo para avaliar a situação do terreno.

Produção: Émerson Santos


 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros