Atriz Claudia Rodrigues, que sofre de esclerose múltipla, tem crise e é hospitalizada - Entretenimento - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Em São Paulo30/05/2017 | 12h21Atualizada em 30/05/2017 | 14h55

Atriz Claudia Rodrigues, que sofre de esclerose múltipla, tem crise e é hospitalizada

A intérprete de Marinete, de "A Diarista", foi diagnosticada com a doença em 2000

Atriz Claudia Rodrigues, que sofre de esclerose múltipla, tem crise e é hospitalizada Reprodução / Facebook / Claudia Rodrigues/Facebook / Claudia Rodrigues
Foto: Reprodução / Facebook / Claudia Rodrigues / Facebook / Claudia Rodrigues

A atriz Claudia Rodrigues, 45 anos, foi internada na segunda-feira (29) no hospital Albert Einstein, em São Paulo, depois de apresentar sintomas de desmaio, visão dupla e confusão mental e sofrer uma crise. A intérprete de Marinete, de A Diarista (2004-2007), luta contra a esclerose múltipla desde 2000. Nesta terça (30), ela passa por uma bateria de exames. As informações são do jornal Extra.

Segundo Adriane Bonato, amiga e empresária de Claudia, ainda não se sabe exatamente o que a atriz teve.

— A princípio, ela teve uma crise ou um surto, fez as ressonâncias, exames de sangue, potencial evocado da visão, audição e sensor motor e vai fazer vários outros exames — disse.

Leia mais
Magali Moraes e o carinho de uma carta escrita à mão
As 10 mulheres empoderadas que dominam as novelas
Claudia Rodrigues luta contra a esclerose múltipla: saiba mais sobre a doença

A empresária disse, ainda, que Claudia estava abalada emocionalmente por causa da saúde de Adriane, que havia passado por uma cirurgia para retirar o útero e parte do fígado. A atriz expôs essa preocupação em um vídeo publicado em seu perfil no Facebook.

A doença

Em 2000, Claudia Rodrigues foi diagnosticada com esclerose múltipla, doença que ataca o sistema nervoso central e pode prejudicar a visão, a coordenação motora e a fala.

Em 2016, a atriz passou por um transplante de células-tronco, e o tratamento durou cerca de quatro meses. Meses depois, em outubro, foi internada em uma clínica em São Paulo, onde permaneceu por 30 dias. Em dezembro, voltou para o local e permaneceu por mais um mês e, depois, voltou pra casa. A última internação aconteceu em fevereiro deste ano, e Claudia só deve ter alta em junho.

Claudia ao lado da filha, Iza, no aniversário de 45 anos, em 2016 Foto: AgNews

O objetivo das internações é fazer a reabilitação das células-tronco, a fim de eliminar as sequelas da esclerose múltipla. A filha da atriz, Iza, 14 anos, mora com ela na clínica, que funciona como um SPA, com atividades o dia inteiro.

— O transplante só estacionou a doença e tirou a fadiga, dando condições de vida normal para ela. Só que existem sequelas da esclerose que precisam ser reabilitadas, que foi o caso da marcha (andar), do olho e da fala. A fala já voltou completamente, a parte da memória também, ela, inclusive, já está até decorando textos. A parte da marcha melhorou 80%, o olho dela também. Então, os médicos acreditam que não vai ser preciso cirurgia — disse.

Todo o avanço no tratamento é comemorado pela amiga e empresária de Claudia.

— Ela está ótima e vivendo a melhor fase do tratamento. E com muita vontade de voltar a trabalhar. No mês que vem, Claudia já começa a gravar para o canal no Youtube que pretende lançar em agosto.

Claudia foi diagnosticada com esclerose múltipla em 2000 Foto: Facebook / Reprodução

Leia mais notícias


 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros