Anjas de Batom arrecadam alimentos para comunidade no Morro da Cruz - Notícias

Versão mobile

 
 

Seu Problema é Nosso04/06/2021 | 12h02Atualizada em 04/06/2021 | 12h02

Anjas de Batom arrecadam alimentos para comunidade no Morro da Cruz

A iniciativa quer entregar 200 cestas básicas

Anjas de Batom arrecadam alimentos para comunidade no Morro da Cruz Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal/Arquivo Pessoal
Algumas cestas já estão garantidas Foto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

O distanciamento social e as restrições para combater a pandemia mudaram as atividades do coletivo Anjas de Batom. No entanto, o sentimento de ajudar o próximo não mudou. A iniciativa surgiu com a ideia de organizar festas em espaços de acolhimento de pessoas em situação de vulnerabilidade social, como asilos, ongs e abrigos, entre outros, em Porto Alegre. Além da animação do grupo, o objetivo incluía atender a carências durante a visita, com a distribuição alimentos, fraldas, leite e outras doações. 

LEIA MAIS
Em Canoas, treinador de futebol apoia meninos que sonham em entrar em campo profissionalmente
Família de Alvorada luta para se restabelecer
Músico selecionado para estudar nos Estados Unidos pede ajuda para custear viagem 

Hoje, sem a produção da festa, as Anjas de Batom continuam atuando na arrecadação de itens para a entrega em comunidades. 

– Desde que  a pandemia começou, não fizemos mais festas. Mas moldamos nossa atuação, e não tem como fugir da fome. Recebemos de 15 a 20 pedidos por alimentos por dia. Há pouco tempo, tivemos conhecimento de uma região no Morro da Cruz onde vivem famílias com muitas necessidades, como saneamento básico – explica analista de recursos humanos Vanessa Rodrigues Silveira, 40 anos, fundadora do coletivo. 

Segundo ela, na comunidade citada existem cerca de 600 famílias. Para ajudá-las, as Anjas de Batom arrecadam alimentos não perecíveis, cestas básicas montadas, produtos de higiene pessoal e de limpeza. Na primeira entrega, prevista para ocorrer até a metade deste mês, Vanessa tem o objetivo de oferecer 200 cestas básicas. 

– A fome tem pressa. Depois dessa parte de doações, na outra semana, se tivermos ajuda, penso em levarmos mais alimentos, principalmente para quem ainda não recebeu. É muito complicado não poder atender a todos. Quero levar um pouco de dignidade para essas famílias – afirma a fundadora.

“Um montão”

Vanessa conta que esta comunidade no Morro da Cruz foi escolhida para a campanha a partir do contato com uma jovem que pedia contribuições para a compra e distribuição de absorventes a moradoras do lugar: 

– Conhecemos a Stefanny por meio das redes sociais, por uma publicação em que ela estava arrecadando absorvente. Quando oferecemos ajuda, ficamos chocadas com a miséria que existe em uma região próxima a uma das maiores avenidas de nossa cidade, a Bento Gonçalves. E o trabalho social tem esse poder e compromisso em ajudar. 

Vanessa explica que já tem o valor para 25 cestas básicas mas, pelo fato de ter diversas campanhas acontecendo, é preciso alcançar novos doadores:

– Aceitamos qualquer alimento não perecível, mas o óleo é um item que está bem caro. Precisamos dessa doação. Um pouquinho de cada dá um montão para essas famílias.

Em 2017, o Diário mostrou a ação do grupo de voluntárias na organização de um chá em homenagem ao Dia das Mães para moradoras do Asilo Padre Cacique, na Capital. À época, a festa se estendeu aos homens e a todas as mulheres, mesmo aquelas que não viveram a experiência de gerar um filho.

– Em quatro anos de iniciativa, passamos por muitos lugares com necessidades. Mas, além de levar as doações e o apoio financeiro, também supríamos a carência afetiva – relembra Vanessa. 

COMO AJUDAR

/// É possível deixar doações no Mercado Cristal, que é um ponto de coleta, de terça-feira a domingo, das 7h às 21h. O endereço é Coronel Massot, 1.443, bairro Cavalhada, em Porto Alegre.  

/// O PIX para doações de qualquer valor é anjasdebatom@gmail.com.

/// Para obter mais informações, entre em contato pelo WhatsApp (51) 98265-8019, com Vanessa, ou acesse a página no Facebook.

Produção: Caroline Tidra

Leia mais notícias na seção Seu Problema é Nosso  


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros