Agricultor recebe atendimento especializado em hospital da Capital após três meses de espera por leito  - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Problema resolvido05/05/2017 | 08h13Atualizada em 05/05/2017 | 08h16

Agricultor recebe atendimento especializado em hospital da Capital após três meses de espera por leito 

Gilnei, morador de de São Sebastião do Caí foi diagnosticado com tuberculose em janeiro

Agricultor recebe atendimento especializado em hospital da Capital após três meses de espera por leito  Arquivo Pessoal/Arquivo Pessoal
Após atendimento especializado e com o auxílio da irmã Elisane, Gilnei está se recuperando Foto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

Depois de ficar três meses internado no Hospital Sagrada Família, em São Sebastião do Caí, com tuberculose e sem o atendimento necessário, o agricultor Gilnei dos Santos Nunes, 31 anos, foi transferido para Porto Alegre no mesmo dia em que a história foi contada no Diário Gaúcho, em 19 de abril.

Com líquido nos pulmões, Gilnei precisava de especialista em cirurgia torácica. Com uma medida judicial em mãos, a irmã do paciente, a costureira Elisane dos Santos Nunes, 35 anos, conseguiu uma transferência para o Hospital de Clínicas, na Capital.

Leia mais notícias da seção Seu Problema é Nosso!

Chegando à instituição, segundo Elisane, Gilnei prontamente recebeu todos os cuidados necessários. Após limpeza dos pulmões, medicação e colocação de um novo dreno, o rapaz recebeu alta no dia 2 de maio e voltou para casa, em São Sebastião do Caí, com a irmã.

— Ele foi muito bem cuidado e está melhorando. Já consegue respirar bem, se alimentar, está se fortalecendo. No dia 25, temos que voltar ao Clínicas para o médico avaliar se realmente será necessário operar — diz Elisane.

Leia mais
Medicamento para depressão e bipolaridade está em falta há seis meses no Estado
Moradora de Minas do Leão está sem energia elétrica há seis meses
Para reverter doença que dificulta movimentos do corpo, Arthur precisa de R$ 250 mil para fazer cirurgia no exterior

Agradecimento

Em casa, os cuidados continuam. Todos os dias, Elisane troca o curativo de Gilnei e também fica atenta ao dreno.

— Vamos no posto pelo menos três vezes por semana, também. A Secretaria da Saúde aqui de São Sebastião está dando muita força e apoio, e isso tem sido ótimo. Agradeço a todos que ajudaram a resolver a situação do meu irmão — diz Elisane.

Gilnei estava no Hospital Sagrada Família desde o dia 17 de janeiro, após dar entrada com muita falta de ar. Diagnosticado com tuberculose, ele ficou internado até o dia 19 de abril sem atendimento especializado.


 
 
 

Siga o Diário Gaúcho no Twitter

  • hermesmitter

    hermesmitter

    HERMES DANIELDIÁRIO GAÚCHO 🇧🇷 PORTO ALEGRE, 24 DE JUNHO DE 2017. @diario_gaucho https://t.co/c36wX2Bl7Dhá 37 minutosRetweet
  • diario_gaucho

    diario_gaucho

    Diário Gaúchohttps://t.co/SCuKEv7ke9há 2 horas Retweet
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros