Secretaria da Saúde libera leite especial para menina de Canoas após três meses de espera - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Problema resolvido30/06/2017 | 08h08Atualizada em 30/06/2017 | 08h08

Secretaria da Saúde libera leite especial para menina de Canoas após três meses de espera

Com o alimento garantido, saúde de Maria Valentina melhorou

Secretaria da Saúde libera leite especial para menina de Canoas após três meses de espera Arquivo pessoal/Leitor/DG
Foto: Arquivo pessoal / Leitor/DG

A pequena Maria Valentina Menezes Cezar da Silva completa dez meses nesta sexta-feira e tem um motivo a mais para comemorar. Com alergia a proteína do leite de vaca (APLV), ovo, outros alimentos e alguns medicamentos, a bebê teve o alimento especial Neocate LCP liberado pelo Estado no dia 7 de junho.

A história de Maria Valentina foi contada no Diário Gaúcho no dia 2 de junho e, à época, a mãe da menina, a dona de casa Daniela de Fátima Menezes Cezar, 24 anos, já aguardava havia três meses pelo leite. O pedido tinha sido aprovado, mas o alimento estava em falta na farmácia pública de Canoas, onde elas moram.

Leia mais notícias da seção Seu Problema é Nosso!

Em resposta, a Secretaria Estadual da Saúde (SES) informou que o Neocate LCP não estava em falta no sistema do Estado. A Secretaria Municipal da Saúde de Canoas liberou três latas em caráter emergencial, mas, conforme Daniela, poucos dias depois, já avisou que o lote de dez latas a que Maria Valentina tem direito por mês estava disponível.

Dieta especial

— Foi um alívio, porque cada unidade custa cerca de R$ 200, e não temos condições de pagar esse valor. Agora, a Secretaria da Saúde de Canoas está bem mais atenciosa, já ligaram para avisar que o novo lote estará disponível dia 16 de julho e sempre perguntam se estou sendo bem atendida — conta Daniela.

Leia mais
Morador de Gravataí que teve comércio alagado no início de junho teme novas cheias se Arroio Barnabé não for limpo
Obra de pavimentação e canalização da Estrada da Branquinha está abandonada desde setembro de 2016
Mãe de sete filhos, diarista vai ganhar casa nova e projeto social pede doações para erguer a moradia

Inicialmente, o laudo médico de Maria Valentina exigia 16 latas de 400g por mês. Entretanto, apenas dez foram aprovadas pela Coordenação de Assistência Farmacêutica. Com acompanhamento pediátrico, a menina está fazendo introdução de outros alimentos, e a mãe já notou melhoras.

— A quantidade está ideal, porque ela começou a comer outras coisas, as crises de alergia diminuíram bastante e a dieta especial tem sido fundamental para esse avanço — diz Daniela.


 

Vídeos recomendados para você

 
 
 

Siga o Diário Gaúcho no Twitter

  • diario_gaucho

    diario_gaucho

    Diário Gaúcho#NovoMundo : Joaquim pode ser irmão de Dom Pedro https://t.co/kQGdVne0x4 https://t.co/xDNuo817PRhá 8 minutosRetweet
  • diario_gaucho

    diario_gaucho

    Diário Gaúcho#SeuProblemaÉNosso Corte de árvores no Parque Chico Mendes intriga moradores na Zona Norte da Capital… https://t.co/jwPnIcn9Uahá 18 minutosRetweet
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros