Como usar o aplicativo que mostra localização dos ônibus da Capital - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Transporte público14/08/2019 | 17h29Atualizada em 26/09/2019 | 12h16

Como usar o aplicativo que mostra localização dos ônibus da Capital

Lançado oficialmente nesta quarta-feira (14), plataforma permite que o usuário saiba onde está o veículo e quando ele vai passar no ponto de sua preferência.

Como usar o aplicativo que mostra localização dos ônibus da Capital Alberi Neto/Agência RBS
Aplicativo mostra tempo estimado para que o ônibus passe Foto: Alberi Neto / Agência RBS

Sair de casa para pegar um ônibus que você não sabe a que horas vai passar. Esse é um cenário que tende a se tornar mais raro em Porto Alegre. Isso porque a prefeitura, junto com Associação dos Transportadores de Passageiros (ATP) lançou, nesta quarta-feira (14), um aplicativo pelo qual é possível acompanhar onde estão os ônibus que circulam pela cidade. Assim, o passageiro saberá a hora certa de ir para a parada. 

Leia mais
A rotina dos passageiros da linha T4, a campeã de reclamações de atrasos na Capital
Confira as cinco linhas de ônibus com mais reclamações de atraso na Capital
Desde 2015, Vicasa foi multada 838 vezes pela Metroplan

A implantação de GPS em 100% da frota era uma das exigências do edital de licitação do transporte público, firmado fevereiro em 2016. Em 2017, a prefeitura publicou decreto que regulamentava essa norma. A ideia era que os ônibus contassem com o aparelho de localização e um aplicativo disponibilizado ao usuários até dezembro de 2018. Entretanto, a ATP priorizou a instalação de câmeras de monitoramento nos coletivos e a renovação dos terminais de leitura do cartão TRI, que agora têm reconhecimento facial, para impedir irregularidades. O GPS ficou em segundo plano, mas acabou saindo do papel.

A cerimônia de lançamento foi ao ar livre, próximo do terminal da Rua Uruguai, no Centro Histórico. Na ocasião, além de autoridades de algumas secretarias municipais, da ATP, da Carris e da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), o prefeito Nelson Marchezan também esteve presente.

Novidade

O aplicativo TRI Porto Alegre, em si, não é a novidade, pois ele já existe há algum tempo. Porém, uma atualização colocou a opção "função GPS". Ao clicar neste botão, no primeiro uso, o usuário é direcionado para sua loja de aplicativos e deve fazer o download de outro app: CittaMobi. É nesta plataforma que os usuários poderão acompanhar os horários de cada linha e o tempo de espera pelo ônibus. 

O sistema é parecido com outros já existentes, como o Moovit, bem conhecido entre usuários do transporte público que acompanham os horários e trajetos das linhas. Entretanto, o diferencial do aplicativo disponibilizado pela prefeitura é a possibilidade de ver a localização dos ônibus.

— É um dia histórico para a cidade. É importante ressaltar que qualquer cidade com qualidade de vida tem um bom transporte coletivo. E isso começa por conforto e segurança ao usuário, fatores que esse aplicativo trará — pontuou o diretor-presidente da EPTC, Fábio Berwanger Juliano, durante a apresentação.

Usuários querem segurança e conforto

transporte público, prefeitura de porto alegre, lançamento do aplicativo para acompanhar trajeto dos ônibus da Capital, GPS nos ônibus da Capital
Vivian aprovou a novidadeFoto: Alberi Neto / Agência RBS

Para quem utiliza as linhas de ônibus da Capital diariamente, a expectativa é de que o GPS nos coletivos traga mais segurança e conforto na hora de sair de casa. Estudante de mestrado, Vivian Ulrich, 31 anos, vem de Guaíba à Capital diariamente. Em Porto Alegre, usa a linha D43/Universitária, da Carris, para chegar na faculdade. 

— Agora, vou conseguir me programar para sair na hora certa, sabendo quando vou pegar o ônibus — projeta ela.

Ontem, durante o lançamento do app, foi iniciada a divulgação do aplicativo. A auxiliar administrativa Sabrina Matos, 27 anos, recebeu um folheto com a propaganda do app e já estava fazendo o download. Ela acredita que a vantagem de saber onde está o coletivo evita que o passageiro fique muito tempo no ponto de ônibus:

— Traz mais segurança, diminuindo a chance de sermos assaltados, por exemplo.


Leia outras notícias do Diário Gaúcho


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros