Posto de saúde fechado há mais de 30 dias será reaberto na zona norte de Porto Alegre - Notícias

Versão mobile

 
 

No bairro Sarandi12/01/2021 | 21h14Atualizada em 12/01/2021 | 21h14

Posto de saúde fechado há mais de 30 dias será reaberto na zona norte de Porto Alegre

Medida será tomada após decisão judicial que envolve mais três unidades na Capital, que seguirão sem atender nas próximas semanas

Posto de saúde fechado há mais de 30 dias será reaberto na zona norte de Porto Alegre Félix Zucco/Agencia RBS
O posto atende a uma população de 3,4 mil pessoas Foto: Félix Zucco / Agencia RBS

A partir das 8h desta quarta-feira (13), as portas da Unidade Básica de Saúde (UBS) Vila Elizabeth, no bairro Sarandi, zona norte de Porto Alegre, serão reabertas à comunidade. O local estava fechado desde 7 de dezembro, por determinação da prefeitura.

No entanto, a Justiça determinou o retorno das atividades do local. A decisão envolve outras três unidades, mas, devido à necessidade de obras, a previsão do município é de que a retomada nas demais aconteça, no mínimo, em 30 dias.

Leia outras notícias do Diário Gaúcho

Os quatro locais foram vistoriados em 5 de janeiro pelo secretário municipal da Saúde, Mauro Sparta, e por engenheiros da pasta. O grupo concluiu que o único prédio em condições de voltar a receber pacientes de forma imediata é o da Vila Elizabeth, onde não há necessidade de obras. O mobiliário e a câmara de vacinas já foram devolvidos ao espaço.

O posto atende a uma população de 3,4 mil pessoas e conta com uma equipe de saúde da família, composta por médico, enfermeiro, técnico de enfermagem e agente comunitário de saúde.

A UBS está em uma situação melhor do que as demais porque, segundo a prefeitura, o local fechou as portas para receber a instalação de um centro de saúde mental. Com a reabertura, a proposta será remodelada.

As outras três unidades precisarão de intervenções que serão realizadas pela equipe de manutenção da própria Secretaria Municipal da Saúde (SMS), composta por 40 servidores. O cronograma prevê que a próxima estrutura que voltará a receber pacientes será a Laranjeiras, no Morro Santana, zona leste da Capital. As principais intervenções no local serão obras para evitar alagamentos no prédio e o entupimento dos vasos sanitários.

Leia também
Moradores de comunidades onde postos foram fechados reclamam de falta de informações
Marcação de consultas por aplicativo chega a 47 postos de saúde de Porto Alegre

Em seguida, deverá ser liberada para a comunidade a UBS Jenor Jarros, no bairro Rubem Berta, na Zona Norte. O principal problema a ser atacado no prédio é a infiltração.

Por último, a expectativa é de retomada dos trabalhos da UBS Pitinga, no bairro Restinga, zona sul da cidade. A construção é a que necessita do maior número de reparos, de acordo com a prefeitura. A previsão para a conclusão dos trabalhos nos três postos que seguirão fechados é de 30 a 60 dias.

Ação Civil Pública

O fechamento das quatro unidades, em 7 de dezembro, pegou de surpresa pacientes que buscavam atendimento. De acordo com a prefeitura, não houve aviso prévio sobre a mudança para evitar manifestações políticas e sindicais. Avisos foram instalados, orientando que as pessoas procurassem unidades próximas.

Mas, após pedido do Ministério Público Estadual (MP-RS), a Justiça determinou, em 17 de dezembro, a reabertura dos locais em até 72 horas. Além disso, o juiz da 5ª Vara da Fazenda Pública do Foro Central de Porto Alegre, Murilo Magalhães Castro Filho, determinou também que a SMS apresentasse, em 15 dias, estudos e o parecer técnico que demonstrem que as atividades serão reorganizadas sem prejuízos à população e aos profissionais da saúde.

A prefeitura chegou a recorrer da decisão, sem sucesso. A SMS deverá apresentar os documentos exigidos à Justiça nos próximos dias. Nesta segunda-feira (11), o secretário Mauro Sparta se reuniu com a promotora de Justiça do Núcleo da Saúde da Promotoria de Defesa dos Direitos Humanos de Porto Alegre, Márcia Rosana Cabral Bento, autora da Ação Civil Pública que embasou a decisão judicial.

No encontro virtual, Sparta garantiu a reabertura da UBS Vila Elizabeth e informou que as demais passarão por obras.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros