Clínica veterinária busca ajuda para ampliar serviços - Notícias

Versão mobile

 
 

Bicharada12/05/2022 | 10h16Atualizada em 12/05/2022 | 10h32

Clínica veterinária busca ajuda para ampliar serviços

Consultório promove atendimento para públicos de diferentes perfis econômicos

Clínica veterinária busca ajuda para ampliar serviços arquivo pessoal / arquivo pessoal/arquivo pessoal
Animal foi encontrado na rua em estado grave de saúde Foto: arquivo pessoal / arquivo pessoal / arquivo pessoal

Abandonado, em estado grave de saúde e chorando por ajuda. Foi assim que o cãozinho apelidado de Véio foi encontrado no bairro Praia de Belas, em Porto Alegre, no dia 27 de abril. Imediatamente, foi resgatado por uma pessoa que passava pelo local e encaminhado para o Instituto Majuna Proteção Animal (Impa) Vet Center, no bairro Cavalhada. 

Um exame mostrou um corpo estranho no estômago, provavelmente, por ter ingerido plástico ou pedra enquanto vivia nas ruas. O cachorrinho, que tem aproximadamente 16 anos, tem quatro nódulos que podem ser cancerígenos e que precisam ser extraídos. Mas o procedimento só poderá ser feito depois que a dermatite severa que acomete o animal melhorar. 

Apesar da clínica Impa Vet Center ter a proposta de promover um atendimento para públicos de diferentes perfis econômicos, o tratamento previsto para o cão ainda é caro por conta da complexidade dos processos. Ao todo, os procedimentos custarão cerca de R$ 5 mil. Por isso, a ONG está aceitando doações em dinheiro. 

LEIA MAIS
Projeto atua no amparo a cuidadores de animais
Time de São Leopoldo incentiva a adoção de cães
Égua que convive com ferimento há dois anos precisa de ajuda para iniciar seu tratamento

A clínica 

O consultório funciona há dois anos e nasceu da vontade da protetora Raquel de Castro, 54 anos, de oferecer tratamentos veterinários acessíveis. Raquel é envolvida com a causa animal desde 2003. Em 2019, fundou a ONG Majuna, que atualmente abriga cerca de 400 animais em um sítio no bairro Lami, na Capital. 

O cãozinho Véio foi encontrado na rua no dia 27 de abril, próximo ao Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul (TJRS), que fica no bairro Praia de Belas, em Porto Alegre. Ele estava em estado grave de saúde e chorando por ajuda. O animalzinho foi resgatado e encaminhado para o Instituto Majuna Proteção Animal (Impa) Vet Center, no bairro Cavalhada, na Capital. <!-- NICAID(15092447) -->
Raquel é envolvida com a causa animal desde 2003Foto: Reprodução / Arquivo Pessoal

A clínica surgiu quando dois dos cães que ela abrigava se envolveram em uma briga. Um deles ficou gravemente ferido. Como a ONG não podia pagar a hospitalização do animal nas clínicas convencionais, em meio a procura, o animal faleceu. A situação se tornou um combustível para que Raquel fundasse a clínica. 

Hoje, o consultório funciona como um apoio para a ONG. Todo o valor adquirido é usado para custear as despesas do consultório e para comprar mantimentos para os animais. A clínica já atendeu mais de 9 mil animais desde 2020. Na ONG, mais de 2 mil bichinhos já foram acolhidos.

Mais feliz e enturmado 

Raquel se alegra por saber que seu trabalho muda a vida dos animais e dos tutores. Esse impacto foi vivenciado pela protetora Deise Cofferri da Silva, 54 anos, de Porto Alegre, que resgatou o cachorrinho Pirulito, quatro anos. O cão perdeu os movimentos da parte de trás do corpo e precisou de atendimento. Ela conta que Raquel recebeu e atendeu o bichinho na clínica. Ela também ajudou a arrecadar o valor necessário para a cirurgia. 

– Eu falo para a Raquel que o que ela fez é o sonho de toda protetora – relata Deise. 

O cachorrinho Véio também está recebendo esse apoio. Embora o animal esteja há poucos dias na clínica, os veterinários já observaram uma melhora do quadro, principalmente relacionada a imunidade e a dermatite na pele. Raquel também conta que ele já foi para o sítio e se enturmou na ala geriátrica, que é onde ficam os bichinhos mais velhos.

Saiba como ajudar

/// Para contribuir financeiramente com o tratamento do Véio é possível fazer doações a partir de R$ 25 pelo link bit.ly/vaquinhaveio.
/// A ONG recebe contribuições financeiras pelo PIX 35.933.315/0001-76.
/// Para doar rações e insumos para a clínica, você pode entregar diretamente no local, na Avenida Otto Niemeyer, 3.475, bairro Cavalhada, Porto Alegre.
/// Informações: (51) 98024-8981(WhatsApp) ou no Instagram @majunaprotecaoanimal.

Adote

LÉO (macho) Idade: 40 dias Porte: pequeno Localização: Avenida Otto Niemeyer, 3475, Cavalhada, Porto Alegre Faz tratamento de saúde? Não Castrado? por conta do adotante Para adotar, entre em contato: (51) 99772-5406 ou pelo Instagram @majunaprotecaoanimal <!-- NICAID(15092208) -->
Léo, 40 dias, busca um lar Foto: reprodução / arquivo pessoal

Nome: Léo (macho)
Idade: 40 dias
Porte: pequeno
Localização: Porto Alegre
Faz tratamento de saúde? Não
Castrado? Não, por conta do adotante
Para adotar, entre em contato: (51) 98024-8981

BERNARDO (macho) Idade: 40 dias Porte: pequeno Localização: Avenida Otto Niemeyer, 3475, Cavalhada, Porto Alegre Faz tratamento de saúde? Não Castrado? por conta do adotante Para adotar, entre em contato: (51) 99772-5406 ou pelo Instagram @majunaprotecaoanimal <!-- NICAID(15092207) -->
Bernardo, 40 dias, espera por uma nova casaFoto: Reprodução / Arquivo pessoal

Nome: Bernardo (macho)
Idade: 40 dias
Porte: pequeno
Localização: Porto Alegre
Faz tratamento de saúde? Não
Castrado? Não, por conta do adotante
Para adotar, entre em contato: (51) 98024-8981

TEREZA (fêmea) Idade: 40 dias Porte: pequeno Localização: Avenida Otto Niemeyer, 3475, Cavalhada, Porto Alegre Faz tratamento de saúde? Não Castrado? por conta do adotante Para adotar, entre em contato: (51) 99772-5406 ou pelo Instagram @majunaprotecaoanimal <!-- NICAID(15092204) -->
Tereza, 40 dias, está na ONG Majuna temporariamente até encontrar um larFoto: Reprodução / Arquivo pessoal

Nome: Tereza (fêmea)
Idade: 40 dias
Porte: pequeno
Localização: Porto Alegre
Faz tratamento de saúde? Não
Castrado? Não, por conta do adotante
Para adotar, entre em contato: (51) 98024-8981

DALESSANDRO (macho) Idade: 40 dias Porte: pequeno Localização: Avenida Otto Niemeyer, 3475, Cavalhada, Porto Alegre Faz tratamento de saúde? Não Castrado? por conta do adotante Para adotar, entre em contato: (51) 99772-5406 ou pelo Instagram @majunaprotecaoanimal <!-- NICAID(15092203) -->
Dalessandro, 40 dias, assim como os seus irmãos Léo, Bernardo e Tereza, busca adoçãoFoto: arquivo pessoal / Arquivo pessoal

Nome: Dalessandro (macho)
Idade: 40 dias
Porte: pequeno
Localização: Porto Alegre
Faz tratamento de saúde? Não
Castrado? Não, por conta do adotante
Para adotar, entre em contato: (51) 98024-8981

Produção: Júlia Ozorio


 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros