Projeto oferece aulas de culinária a baixo custo - Notícias

Versão mobile

 
 

Brique do DG30/07/2021 | 09h10Atualizada em 30/07/2021 | 09h10

Projeto oferece aulas de culinária a baixo custo

As aulas são ministradas em quatro módulos através do Instagram do projeto ou por videochamada.

Projeto oferece aulas de culinária a baixo custo Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal/Arquivo Pessoal
De acordo com a chef Eliane Maykot a ideia de fundar a associação veio em 2019, quando ela era aluna do curso de gastronomia em Tramandaí Foto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

Fundada em novembro de 2020, a iniciativa Unidos Venceremos faz parte de uma associação destinada a ajudar pessoas que desejam ingressar no mundo da gastronomia, confeitaria e panificação por meio de cursos profissionalizantes de baixo custo. A ideia tem por objetivo apoiar famílias que estão desempregadas e que buscam oportunidades no ramo da culinária para gerar renda. As aulas são ministradas em quatro módulos através do Instagram do projeto ou por videochamada. 

Leia Mais
Empreendedora de Viamão realiza o sonho de abrir o próprio negócio durante a pandemia
Na produção de doces, tia dos docinhos enfrentou a crise e mudou a forma de vender seus quitutes
Venda de bolos aumentou após divulgação no "Brique do DG"

Segundo a chef Eliane Maykot, 41 anos, idealizadora da ação, a ideia de fundar a associação veio em 2019, quando ela era aluna do curso de gastronomia em Tramandaí, Litoral Norte, e decidiu largar a profissão de cuidadora de idosos, em Porto Alegre, para se dedicar aos estudos:

 – Sonhava em ser confeiteira. Morava em Porto Alegre, mas não tinha condições de pagar por um curso. Foi então que surgiu a oportunidade de ingressar em um curso na área em Tramandaí. Me mudei, paguei o aluguel, mas não tinha dinheiro para pagar os estudos. Comecei a vender cupcakes de porta em porta. Eu terminei meus estudos e criei meu próprio curso de culinária. Uma moça se interessou no curso e me ligou dizendo que não tinha o valor das aulas. Aquilo me tocou a noite toda, porque eu passei pela mesma situação. Foi daí que surgiu a vontade de ajudar ao próximo e dar aulas gratuitas e acessíveis de gastronomia a pessoas que não têm condições – relembra. 

Eliane começou a dar os cursos gratuitos pelo Facebook. Com a expansão do projeto, cerca de cem alunos, atualmente, participam dos módulos de culinária Unidos Venceremos. As aulas ministradas por chefs de cozinha têm um custo de R$ 10 por mês, com direito a quatro aulas particulares com os professores em videochamadas. Para quem não consegue pagar a mensalidade, são disponibilizadas aulas gratuitas por meio das lives no Instagram, com duração de uma hora.

Fundado em novembro de 2020, a iniciativa Unidos Venceremos faz parte de uma associação destinada a ajudar pessoas que desejam ingressar no mundo da gastronomia, confeitaria e panificação por meio de cursos profissionalizantes de baixo custo. A ideia tem por objetivo apoiar famílias que estão desempregadas e que buscam oportunidades no ramo da culinária para gerar renda. As aulas são ministradas em quatro módulos através do Instagram do projeto ou por vídeo chamada. <!-- NICAID(14847081) -->
Um de seus trabalhosFoto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

– Decidi transformar essas aulas em um projeto, que transformei em uma associação, pela quantidade de pessoas procurando o curso. Esse valor simbólico é apenas para pagar os custos que os professores têm com as aulas – explica. 

Leia Mais
Sem pavimentação de avenida, moradores de Viamão improvisam reparos na via
Um ano e meio de espera por conserto de ponte na Lomba do Pinheiro

O Unidos Venceremos oferece estudos nas áreas de confeitaria, confeitaria fina, panificação e empreendedorismo.

– Ensinamos de tudo, desde a preparação de um bolo até como alavancar as vendas dos produtos. O projeto é diverso e tem até aulas de artesanato – conta.

Como iniciar um pequeno negócio?

De acordo com a chef Eliane, a panificação e a confeitaria são alguns dos cursos mais procurados. Pensando nisso, o DG separou algumas dicas dela para quem quer começar a trabalhar com pães e bolos. 

/// Faça produtos de qualidade: invista em seu conhecimento com decorações de bolos e produção de pães caseiros para vender.

/// Escolha a forma de vender: sob encomenda, de porta em porta, de carro, parando em áreas residenciais, no seu trabalho ou pelas redes sociais.

/// Invista em embalagens e equipamentos: as embalagens para pães e massas são de plástico ou de papel. Independentemente da escolha, é necessário ter o nome de sua marca estampada. Se for trabalhar com as de plástico, vale a dica: só embale o pão ou a massa depois que estiver frio. Caso contrário, vai umedecer dentro da embalagem e afetará a qualidade do pão. Para os bolos, dê preferência a equipamentos como batedeiras, colheres e bicos de decoração, ingredientes, decoração e expositores de bolos. 

/// Capriche na divulgação: use as redes sociais ao seu favor. Tire fotos de qualidade dos produtos e crie conteúdos semanais em canais como Instagram e Facebook. 

O projeto

// Participe e conheça o Unidos Venceremos no Instagram da associação: @projeto.unidosvenceremos.

/// Para se tornar associado e apoiar a ação, entre em contato com Eliane pelo WhatsApp (51) 98408-1925.

Produção: Vitória Fagundes

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros