Há qualificação: confira mais de mil oportunidades para aprender e trabalhar - Notícias

Versão mobile

 
 

Mercado de trabalho21/01/2022 | 09h55Atualizada em 21/01/2022 | 10h03

Há qualificação: confira mais de mil oportunidades para aprender e trabalhar

Formações são voltadas para jovens de Porto Alegre, da Região Metropolitana e do Vale do Sinos

Há qualificação: confira mais de mil oportunidades para aprender e trabalhar Divulgação / Instituto PROA/Instituto PROA
Melina vai participar de capacitação do Instituto PROA Foto: Divulgação / Instituto PROA / Instituto PROA

Os primeiros meses do ano costumam ser bastante propícios para quem busca se qualificar. Também é o momento em que empresas parecem estar mais atentas para profissionais que estejam buscando alguma oportunidade. Por isso, hoje o Diário Gaúcho apresenta três propostas de formações voltadas para jovens de Porto Alegre, da Região Metropolitana e do Vale do Sinos

Curso gratuito e primeiro emprego

Uma iniciativa do Instituto PROA com o Instituto Cyrela promove, no Estado, uma capacitação gratuita e online com foco em quem quer conquistar o primeiro emprego. São mil vagas destinadas a jovens de 17 a 22 anos, que estejam cursando ou já tenham concluído o 3º ano do Ensino Médio em escola pública. 

LEIA MAIS
Cris Silva: "Mãe, eu acredito em você"
Aos 15 anos, jovem porto-alegrense com deficiência visual lança livro de poesias
Em Charqueadas, apenados do regime semiaberto reformam escolas e lar de idosos

Depois do curso, os alunos serão direcionados a oportunidades oferecidas por empresas parceiras. As inscrições podem ser feitas no site plataforma.proa.org.br até 8 de março, e as aulas começam no dia 14 do mesmo mês. A duração do curso será de três meses. 

A estudante Melina Schrage Ribeiro, 17 anos, moradora do bairro Santana, em Porto Alegre, vê a oportunidade como uma possibilidade de ter sua primeira experiência no mercado de trabalho. Ela ficou sabendo do curso por uma professora, que enviou informações sobre a formação no grupo de WhatsApp da turma:

– Antes da pandemia, eu não me interessava muito por cursos online. Mas, por conta de tudo que ocorreu, ano passado fiz alguns cursos gratuitos e me interessei bastante. Agora, minha expectativa é desenvolver um pouco mais algumas das habilidades que eu adquiri ao longo da minha vida escolar.

Para dar condições de empregabilidade aos jovens, a Plataforma PROA oferece em sua formação aulas de autoconhecimento (20 horas), planejamento de carreira (20 horas), projeto profissional (20 horas), raciocínio lógico (20 horas) e comunicação (20 horas). Depois dessa etapa, os estudantes podem optar entre seis trilhas com capacitações mais específicas nas áreas de Análise de Dados, Varejo, Administração, Logística, Promoção de Marcas e UX Design.

Inédito

O PROA foi criado em 2007, em São Paulo. Desde a fundação, passaram pelo curso mais de 8,5 mil alunos. De acordo com Alini Dal’Magro, CEO do Instituto PROA, depois de São Paulo e Rio de Janeiro, era natural que o instituto apostasse no Rio Grande do Sul:

– O mercado gaúcho é cheio de oportunidades, e os jovens do Estado são estudiosos e focados. Buscamos jovens assim, com brilho nos olhos e prontos para agir e mudar a sua realidade para melhor.

LEIA MAIS
Com apoio de doadores, projeto esportivo de Gravataí leva atletas para disputar torneio em Brasília
Jovem cria vaquinha online para comprar triciclo elétrico
Mais de 2,2 mil vagas de emprego e estágio estão abertas em Porto Alegre e na Região Metropolitana

COMO PARTICIPAR

/// Podem se inscrever jovens de 18 a 22 anos que estejam cursando ou já tenham concluído o 3º ano do Ensino Médio.
/// As inscrições podem ser feitas até o dia 8 de março pelo site plataforma.proa.org.br.

Formação voltada a jovens na área de TI 

Jovens de 18 a 29 anos, de baixa renda e que cursaram o Ensino Médio em escola pública podem se candidatar para uma oportunidade no programa Tech.JÁ. A iniciativa é uma parceria entre a ONG Junior Achievement com o apoio da empresa Google e do Laboratório de Inovação do Grupo BID (BID Lab). Serão oferecidas 60 vagas para estudantes residentes em Porto Alegre e na Região Metropolitana. A nível nacional, serão mais de 700 vagas.

O programa Tech.JÁ oferece capacitação técnica em TI, desenvolve habilidades comportamentais e oferece mentorias com profissionais do mercado de tecnologia, aulas de criação de currículo e dicas sobre como agir em entrevistas de emprego. Ao final do programa, os estudantes receberão um certificado profissional de suporte em TI do Google e uma certificação da JA Brasil.  

Para fazer o curso não é necessário conhecimento ou experiência anterior, apenas ter interesse em atuar na área de TI. Ele é gratuito e online, com dedicação de quatro horas por dia, cinco vezes por semana, durante 20 semanas. As inscrições para o programa seguem abertas até o dia 13 de fevereiro. O link para outras informações e inscrição é jabrasil.org.br/ti. 

LEIA MAIS
Magali Moraes: salvos pelo fíndi
Em Antônio Prado, garoto de 11 anos lava e perfuma cachorros de rua para facilitar adoção
Moradoras do Beco Roma, em Viamão, reclamam de falta de ônibus, luz e de más condições da estrada

QUEM PODE

/// Jovens que tenham entre 18 e 29 anos e que morem em Porto Alegre ou na Região Metropolitana.
/// Que tenham cursado o Ensino Médio em escola pública.
/// Com renda per capita (por pessoa da família) de até dois salários mínimos (ou R$ 2.424).

Inscrições
/// Podem ser feitas até 13 de fevereiro pelo site jabrasil.org.br/ti.

Bolsas em cursos de mestrado e doutorado 

A Universidade Feevale está oferecendo bolsas de 60% em cursos de mestrado e doutorado para públicos vulneráveis. As vagas são para negros, pretos e pardos, pessoas com deficiência, indígenas, pessoas transgêneros e transexuais, e refugiados. Podem candidatar-se às cotas os candidatos inscritos no processo seletivo para ingresso neste semestre. 

As inscrições vão até as 22h do dia 15 de fevereiro, pelo site feevale.br/selecaostricto. A divulgação do resultado será no dia 7 de março, no mesmo endereço eletrônico. 

As oportunidades são para doutorado acadêmico em Diversidade Cultural e Inclusão Social, Processos e Manifestações Culturais, Qualidade Ambiental e doutorado profissional em Tecnologia de Materiais e Processos Industriais. Também há oportunidades em mestrado acadêmico em Administração, Diversidade Cultural e Inclusão Social, Processos e Manifestações Culturais, Psicologia, Qualidade Ambiental, Toxicologia e Análises Toxicológicas, Virologia e mestrado profissional em Indústria Criativa e em Tecnologia de Materiais e Processos Industriais.

Para obter mais informações, entre em contato pelo e-mail strictosensu@feevale.br ou pelo WhatsApp (51) 3597-5866.

COMO CONCORRER

/// As vagas são destinadas para negros, pretos e pardos, pessoas com deficiência, indígenas, pessoas transgêneros e transexuais, e refugiados.

/// As inscrições devem ser feitas até as 22h do dia 15 de fevereiro pelo site feevale.br/selecaostricto.

Produção: Kênia Fialho

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros